sábado, 11 de fevereiro de 2017

O desafio de se desafiar

Um belo dia você se vê fazendo exatamente o que tempos atrás jurava que nunca faria. Ou se vê perguntando porque não começou a antes algo que a tempos tem vontade de aprender ou realizar. E ainda se pega lamentando por não se mover quando tudo que tinha que fazer era agir. Mas nessa briga entre o que devia ter feito e a lamentação de ainda estar por fazer, você ainda continua parado, pensando, imaginando, menos fazendo.
Infelizmente nem sempre nos daos conta de que falar em fazer e fazer são bem diferentes.
Comprei um violão, sempre tive vontade de tocar e planejei até  conseguir o meu, porém já se passaram 6 anos desde a compra e não sei tocar nenhuma música. Assustador até para mim mesma constatar que a presença do violão me iludia ou melhor dizendo eu mesma me iludia.
A exemplo da história do violão tantos outros desejos e planos ficaram perdidos através dos anos sem que nada fosse feito por eles. Alguns sonhos morreram e outros ainda continuam aqui esperando o fazer resolver agir.
A uns 15 dias atrás decidi finalmente aprender a tocar o violão mesmo que isso leve meses, anos, não importa. Todos os dias um pouco de treino e olhe só, já saíram os primeiros acordes.
Posso afirmar que vencer a vontade de procrastinar e insistir em algo que vale a pena é enriquecedor. Vencer a mim mesma é maravilhoso.
P.S: Insistir até que as notas virem acordes e os acordes musica.
Neuza Miranda

Um comentário:

  1. A persistência e a paciência normalmente são gratificantes.
    Boa sorte!

    Beijos.
    Blog: *** Caos ***

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim.
Deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...